Fábula de Monteiro Lobato

Era uma vez um Peru e um Galo que estavam empoleirados na mesma árvore. A Raposa os viu de longe e já começou a lamber os beiços pensando no petisco.

Ao avistá-la o Peru levou um grande susto e por pouco não caiu da árvore. Já o Galo começou a rir. Já que sabia que raposas não sobem em árvores, fechou os olhos e dormiu tranquilo.

O Peru, que era muito medroso, tremia como vara verde e não tirava o olho do inimigo.

A Raposa pensou consigo: “O galo não apanho, mas o Peru já está no papo! ”

Então ela começou a fazer caras medonhas, dar pinotes, roncar, trincar os dentes, dando a impressão de estar louca.

O Peru foi ficando cada vez mais apavorado, encarando a Raposa e seus movimentos. Por fim, de tanto medo e de tanto tremer, ficou tonto e caiu do galho, bem nos dentes da Raposa faminta.

Conselho de vó: O medo em excesso nos deixa cegos ao real perigo que corremos e assim mais vulneráveis aos que nos querem o mal.

***

Veja aqui a história A Raposa e o Tigre

Veja aqui mais informações do livro Joãozinho e a Maçã

Quer ganhar um e-book de histórias infantis? Clique aqui