A raposa e os gansos

Conto dos Irmãos Grimm

Era uma vez uma raposa que foi caçar na beira de um lago e viu que lá pastava tranquilamente um bando de gansos belos e gordos. Vendo todos juntinhos, ela começou a rir, pensando:

– Que perfeito, estão tão juntinhos que quase posso abocanhar todos de uma vez.

Assim que viram a raposa os gansos se assustaram e começaram a gritar fazendo um berreiro infernal, pulando de um lado para outro, pedindo à raposa que poupasse as suas vidas.

Mas a raposa não quis saber de conversa:

– Não adianta apelar, vão todos morrer!

Por fim, um deles tomou coragem e fez uma proposta a raposa:

– Se nós temos mesmo que perder a nossa vida, nos conceda então um último pedido, deixe que façamos uma oração para não morrer em pecado, depois da oração nos colocaremos em fila para ser devorados.

A raposa pensou e resolveu atender o pedido, não custava nada deixar que rezassem.

– Está bem, acho o pedido justo, podem rezar que eu espero – disse a raposa

Então o primeiro da fila abaixou a cabeça e começou a rezar:

– Quá, quá, quá, quá!

Em seguida o segundo começou:

– Quá, quá, quá, quá!

Em pouco tempo todos estavam rezando a plenos pulmões.

Depois de um tempo a raposa começou a ficar incomodada porque a oração era muito longa, mas como tinha concedido o pedido se deitou para esperar.

A raposa começou a ficar sonolenta de tanto esperar e resolveu dar uma cochiladinha.

Quando acordou os gansos tinham todos sumido dali. E assim salvaram as suas vidas.

Conselho de vó: Uma oração bem feita pode salvar a sua vida.

***

Veja aqui a história do Pinóquio

Veja aqui as informações do livro “Joãozinho e a Maçã”