O homem e o pé de pitanga

Autor desconhecido

Era uma vez um homem que se achava muito esperto, ele vivia inconformado com as coisas e sempre falava que se fosse Deus teria feito tudo diferente.

Ele achava que Deus não tinha feito as coisas direito. No seu ponto de vista havia muitas incoerências, ele sempre falava:

– Ah! Se eu tivesse feito o mundo!

Uma vez ele estava em um pomar, sentado embaixo de um pé de pitanga. Logo ao lado ele viu uma plantação de abóboras e começou a falar para si mesmo:

– Olha só, mais uma coisa errada, como pode uma árvore tão grande e forte como essa ter uma frutinha tão pequenininha como a pitanga e aquelas abóboras enormes nascerem em talos tão fraquinhos que não as sustentam em nada e elas precisam se arrastar pelo chão. Ah! Se eu tivesse feito o mundo, seria tudo diferente, as abóboras nasceriam na árvore e as pitangas no chão. É o certo!

Mal ele terminou o seu raciocínio caiu uma pitanga que acertou em cheio o seu nariz, causando uma grande dor.

Quando ele se refez do susto, um outro pensamento o assustou ainda mais:

– E se fosse uma abóbora?!

Desde esse dia ele parou de se achar mais esperto que Deus e de querer que as coisas fossem à sua maneira e não como são.

Conselho de vó: Deus sabe o que faz!

***

Veja aqui a história do Gato de Botas

Veja aqui as informações do livro “Joãozinho e a Maçã”