Sorte ou azar!?

Autor desconhecido

Era uma vez, na antiga China, um menino que tinha o desejo de ter um cavalo, mas não tinha dinheiro nenhum para comprar. Um dia, sentado na calçada de sua casa, passou uma cavalaria e levavam um potrinho que não conseguia acompanhar o grupo.

O dono da cavalaria, sabendo do desejo do menino, perguntou se ele queria o cavalinho.

O menino aceitou e ficou muito feliz com o presente.

Um vizinho, sabendo do ocorrido, falou ao pai do menino:

– Seu filho é sortudo!

– Porque? – perguntou o pai.

– Ora, ele queria tanto um cavalo, passa a cavalaria e ele ganha um potrinho. Não é sorte? – falou o vizinho.

– Pode ser sorte ou azar, só o tempo dirá – comentou o pai.

O menino cuidou do animal com muito carinho e assim o potrinho virou um cavalo. Um dia o cavalo fugiu e o vizinho falou com seu pai:

– Que menino azarento! Ele ganhou um potrinho, cuidou tanto dele e depois o animal foge?!

– Sorte ou azar, só o tempo dirá – disse o pai.

O tempo passou e um dia o cavalo voltou com uma manada selvagem. O menino cercou todos eles e agora tinha muitos cavalos. O vizinho logo foi falar com o pai do menino:

– Que sortudo o seu filho!!! O cavalo voltou com vários outros e agora ele tem uma cavalaria!

– Sorte ou azar, só o tempo dirá – falou o pai.

Passado um tempo o menino era agora um rapaz e estava treinando os cavalos, quando caiu e quebrou a perna. O vizinho, ao saber do ocorrido, foi falar como o pai:

– Que azarado o seu filho, o cavalo fugiu, voltou com tantos outros e ele quebra a perna ao treinar os animais?!

– Sorte ou azar, só o tempo dirá – falou o pai.

Dias depois, o reino onde moravam declarou guerra ao reino vizinho e todos os jovens foram convocados para a guerra, menos o rapaz, que estava com a perna quebrada.

O vizinho veio logo falar:

– Que sortudo o seu filho…..

Conselho de vó: Não se revolte com as adversidades da vida, nem se empolgue demais com o sucesso. Tudo vem para nosso bem, depende da nossa maneira de ver as coisas.

***

Veja aqui a história A Bela Adormecida no bosque

Veja aqui mais informações do livro “Joãozinho e a Maçã”