O avô e o netinho

Conto de Figueiredo Pimentel

Era uma vez um velho chamado Benedito que estava fatigado pela longa existência, exausto pelas doenças e pela velhice. Passava dos 80 anos e havia trabalhado muito a vida inteira, desde muito criança.

Não podendo mais fazer serviço algum foi morar na casa do seu filho mais moço, Augusto, que tinha um filho de quatro anos chamado Luís. O pequeno era esperto como poucos.

Estando muito velho, Benedito voltou a ser como criança e necessitava de cuidados especiais, pois mal se sustinha sozinho, trêmulo, quase sem poder andar.

Quando ele se sentava à mesa, para o almoço ou para o jantar, derramava a sopa na toalha, quebrava pratos e copos com as mãos fracas, como se fosse uma criança arteira e estabanada.

Augusto e a mulher, Henriqueta, o aturavam com dificuldade, ficavam zangados, contrariados com os prejuízos que o pai dava.

Não podendo mais suportar o velho à mesa, resolveram comprar uma cuia de madeira e nas horas da refeição ele não se sentava mais com a família. Eles o colocavam à parte para que não quebrasse mais nada, nem vissem as suas dificuldades.

Quando Luisinho viu que o avô não se sentava mais à mesa, ficou triste, mas não falou nada. Estranhou a situação, mas em sua cabeça supôs que era assim que se fazia com os velhos, que eles não se sentavam a mesa e nem comiam em pratos como os outros.

O pequeno realmente amava seu avô e eram muito próximos.

Um dia, Augusto e Henriqueta viram o filho muito entretido em brincar com alguns pedaços de madeira no quintal e perguntaram:

– Que está fazendo, Luisinho?

– Estou fazendo duas cuias de madeira, uma para a mamãe e outra para o papai, para dar de comer a vocês quando eu for grande.

O casal se entreolhou, confusos e envergonhados. Arrependidos da ingratidão trouxeram o pai para sentar com eles novamente à mesa. Desde então o trataram com todo o respeito e não se importaram mais com suas dificuldades.

Conselho de vó: O respeito que damos aos nossos pais são ensinamentos de como seremos tratados pelos nossos filhos.

***

Veja aqui a história O velho, o menino e a mulinha

Veja aqui mais informações do livro “Joãozinho e a Maçã”