Os três filhos

Conto africano

Era uma vez um velho comerciante de tecidos que tinha três filhos. O pai sentiu que não teria muito mais tempo de vida e ficou preocupado com qual dos filhos deixaria o seu comércio.

Ele não sabia qual dos três poderia cuidar melhor da sua herança.

Depois de muito pensar, ele chamou os filhos, entregou a cada um deles um saquinho com moedas e pediu que saíssem e comprassem um presente que enchesse o quarto.

O filho mais velho não gostou do desafio do pai, achou que o dinheiro era muito pouco para que conseguisse comprar algo que pudesse encher o quarto.

Ele não pensou muito, foi até o vizinho e gastou todo o dinheiro com alguns sacos de grama.

O segundo filho pensou um pouco no assunto e resolveu ir até o mercado. Lá ele comprou muitos sacos de penas.

O terceiro filho não sabia o que comprar, andou pelo mercado, andou pela cidade, pensou muito, observou e por fim, comprou para o pai um presente que embrulhou em uma pequena caixinha.

Os três filhos voltaram e foram até o pai para apresentar os presentes.

O primeiro abriu os sacos de grama e espalhou pelo quarto, mas mesmo depois de muito espalhar, percebeu que não encheria o quarto.

O segundo filho entrou no quarto com seus muitos sacos e abriu todos eles, espalhando penas para todos os lados, mas depois que elas assentaram, percebeu que elas também não encheriam o quarto.

O terceiro filho chegou, com seu pequeno embrulho e de dentro tirou uma vela. Ele a acendeu e a luz se espalhou por todo o quarto.

Assim, o pai encontrou o seu sucessor.

***

Clique aqui para ler a história Filha do Céu