A flauta de Krishna

História indiana

Todos os dias, Bhagavan Krishna costumava caminhar pelos jardins e declarar a todas as plantas:

– Eu as amo!

As plantas se sentiam felizes e respondiam:

– Krishna, nós também te amamos!

Um dia, ele entrou no jardim de maneira diferente da de outros dias, estava aflito e caminhou até o Bambu.

Percebendo que Krishna estava diferente, o Bambu perguntou:

– O que há de errado?

– Tenho um pedido muito difícil para lhe fazer – respondeu Krishna.

– Diga-me, ficarei muito satisfeito em atender.

Krishna, então, disse-lhe:

– Preciso cortá-lo.

O bambu refletiu por algum tempo e respondeu:

– O Senhor não tem outra escolha? Não há outra saída?

– Não, não há outra saída.

Mesmo sem entender o que se passava, mas confiando em Krishna, o Bambu respondeu:

– Sendo assim, entrego-me a Ti.

Krishna então cortou o bambu, o lapidou e fez nele algumas profundas chagas. A cada movimento, o bambu sofria de dor.

Ao final do processo, o bambu percebeu então que havia sido transformado em uma flauta. Desde esse dia, nunca mais se separou da companhia de seu Senhor Bem-Aventurado.

Tempos depois, as outras plantas se enciumaram do Bambu que estava o tempo todo com Krishna e lhe perguntaram:

– Conte-nos o segredo para ser tão próximo de Krishna!

– O segredo é estar vazio por dentro e deixar que o sopro de vida do Senhor lhe preencha.

***

Clique aqui para ler a história O caçador de focas e o Sereiano