Caipora

Lenda indígena

Diz a lenda que Caipora é o rei dos animais e da floresta. Qualquer um que queira caçar ou cortar uma árvore deve fazer um acordo com ele e quem não respeitar o acordo é morto sem dó nem piedade.

Caipora se parece muito com um índio, mas tem o corpo coberto de pelos e não usa roupas. Move-se muito rápido e cuida para que não haja devastação ou extinção de animais.

Ele aparece montado em um porco do mato e carrega consigo uma longa vara.

Certa vez, dois compadres acordaram bem cedo para ir à mata cortar lenha. Já haviam cortado uma boa quantia quando, de repente, começaram a ouvir alguns barulhos esquisitos, uns estalos, uns sussurros. Então, do nada, veio um vento frio de doer os ossos, depois um silêncio.

Eles pararam o que estavam fazendo e prestaram atenção a tudo para entender o que estava acontecendo.

Era como se todos os animais e todas as plantas estivessem olhando para eles, ou aguardando um comando.

Então viram, no meio da mata um vulto, apertaram os olhos e o vulto continuava lá.

O coração deles disparou, era Caipora.

Paralisados de medo viram a figura se aproximar, bem devagar, mas não tinham forças para correr ou gritar por ajuda. Seus pelos eram grossos, seus braços quase tocavam o chão.

Então Caipora falou com a voz rouca:

– Tem fumo?

Então se lembraram das histórias que suas avós contavam. Caipora gostava de fumo.

– Tem fumo? – repetiu.

Mesmo sem poder falar, tremendo de medo, o lenhador tirou do bolso um naco de fumo e estendeu ao ser da floresta.

Mais que depressa Caipora agarrou o fumo e falou:

– Vocês já cortaram o suficiente, nada mais por alguns meses.

Não conseguiram falar, só acenaram com a cabeça.

Então Caipora saiu trotando em seu porco do mato e desapareceu na floresta.

***

Clique aqui para ler a história A corrida de Ganesha