O Caracol e a Impala

Conto africano

Era uma vez uma Impala muito vaidosa pela rapidez com que conseguia correr, chegava a passar dos 80 Km por hora, se fosse preciso. Ela sempre debochava do Caracol por causa da sua lentidão:

– Caracol, não consegue correr? Que vergonha, só sabe se arrastar pelo chão!!!

O Caracol ficava ofendido e estava cansado de ser caçoado, por isso resolveu dar uma lição na Impala.

– Corro mais rápido que você, quando quero. Vou te propor um desafio, uma corrida para o próximo domingo. Vamos daqui até o rio.

– Uma corrida comigo??? – perguntou a Impala – pois aqui estarei!

A Impala foi embora rindo da ousadia do Caracol, certa que ele não tinha nenhuma chance.

O Caracol, entretanto, era muito esperto, tinha ido à escola e sabia ler e escrever. Ele enviou uma carta para cada um dos caracóis que conhecia, no caminho até o rio. Na carta ele contou do desafio e pediu aos seus amigos que se apresentassem como sendo o mesmo caracol do início ao fim da corrida.

No domingo a Impala encontrou-se com o Caracol e já começou a debochar e rir dele.

– Vamos lá, vamos ver quem chega primeiro – falou o Caracol.

Dado o sinal, a Impala partiu em disparada, mas cada vez que olhava para trás via o Caracol no seu encalço, ela começou a ficar confusa, não era possível que o Caracol fosse tão rápido.

A Impala, que julgava ser sempre o mesmo Caracol, corria cada vez mais, mas em todos os momentos havia um Caracol logo atrás dela. 

De tanto correr, a Impala acabou precisando parar porque estava com falta de ar. 

O Caracol ganhou a corrida porque foi mais esperto que a Impala, tinha ido à escola junto com os outros caracóis e todos sabiam ler e escrever. Só assim puderam se organizar para vencer a Impala. 

Conselho de vó: Quem tem amigos, tem tudo!

***

Veja aqui a história O sonho do Rei

Quer ganhar um e-book de história infantis? Clique aqui