Os dois ladrões

Fábula de Monteiro Lobato

Dois ladrões de animais, certa vez furtaram um burro, e como não pudessem reparti-lo em dois, surgiu a briga.

— O burro é meu! — dizia um.

— O burro é meu porque o vi primeiro…

— Sim — argumentava o outro — você o viu primeiro, mas quem primeiro o segurou fui eu. Logo, é meu…

Não havendo acordo possível, começaram a brigar, engalfinharam-se, rolaram na poeira aos socos e dentadas.

Enquanto isso, um terceiro ladrão surgiu, observou a briga achando graça, montou no burro e fugiu a galope.

A luta acabou, com os dois moídos, esfolados e cansados.

— Onde está o burro?

Nem sombra do animal.

Conselho de vó:

Primeiro: Nunca roube nada!!!

Segundo: Quando dois brigam, quem lucra é sempre um terceiro.

***

Veja aqui a história O Caracol e a Impala

Quer ganhar um e-book de histórias infantis? Clique aqui