O asno e a carga de sal

Fábula de Esopo

Cerva vez, um asno estava atravessando um rio com a água batendo na barriga, carregando no lombo dois grandes sacos de sal. De repente ele perdeu o equilíbrio e afundou. Ele ficou desesperado achando que ia morrer, pois não conseguiria se levantar.

Porém, o sal derreteu rapidamente, ele ficou leve, conseguiu se levantar e ainda terminou a viagem sem carregar nenhum peso.

Um tempo depois, foi atravessar o mesmo rio, mas desta vez carregava uma carga de algodão. Ele se lembrou do que havia acontecido anteriormente e, mesmo com uma carga tão leve, no desejo de se livrar dela se jogou na água.

Porém, o algodão absorveu a água e ficou tão pesado que o asno não pode se levantar e morreu afogado.

Conselho de vó: Às vezes, tentando melhorar o que já está bom, perdemos tudo.

***

Clique aqui para ler a história Omusubi rolante

Quer ganhar um e-book de histórias infantis? Clique aqui